Olá pra vocês de novo, pessoas lindas! Eu sou uma pessoa que AMA filmes, confesso que sou meio exigente nisso, principalmente quando fica para minha esposa escolher um pra nós vermos... Quem sempre tem que escolher sou EU. Isso é chato, eu sei, e pretendo mudar isso. Portanto, estou aceitando que ela me mostre seus filmes favoritos (clássicos e atuais) para que eu possa aparecer por aqui e resenhenhá-los! Assim como esse, que foi indicação dela! Minha indicação de hoje é algo extremamente emocionante, eu tenho certeza de que muitos vão adorar e derramar lágrimas ao final. Let's go:



Direção: Martin Brest 
Produção: Martin Brest 
Gênero: Drama 
Tempo de duração: 156 minutos 
Ano: 1992 
País: Estados Unidos 
Estúdio: Universal Pictures/City Light Films 
Prêmios: Oscar melhor ator (Al Pacino); Globo de Ouro de melhor filme-drama, melhor roteiro e melhor ator-drama (Al Pacino)

























Perfume de Mulher (Scent of a Woman), é um filme estadunidense de 1992, que conta com a atuação de um dos meus atores favoritos, Al Pacino. Perfume de Mulher trata-se de um militar cego e aposentado, o tenente-coronel Frank Slade, e de um jovem estudante, Charlie Simms; ambos passando por momentos difíceis na vida que se encontram e... Melhor eu ficar quietinha, já que após essa parte, a história se torna a coisa mais linda que eu já vi. Well, os temas abordados nesse filme são: integridade, caráter, os princípios de cada um, liderança, ombridade, e posso acrescentar um pouco de assunto político, pessoal, culpa e vício. A verdade é que o homem portador de deficiência visual, encontra pela vida uma série de batalhas e situações difíceis pelas quais tem de passar. E pior, precisa escolher o que ele realmente deseja para si: "Devo entrar nessa batalha e viver decentemente ou me "fingir" doente?" Afinal, ser cego não quer dizer que você precise ficar numa cama por toda a vida.


O jovem Charlie é um rapaz paciente, bondoso, mas que por um acaso do destino - talvez? - precisa acompanhar o ex-militar Frank, que por milhares de vezes acaba chantageando o garoto para conseguir o que quer. Esse filme é bem complexo, é como se você olhasse para a tela e visse muito da vida real ali, talvez um pouco de cada um de nós. A arrogância... Sempre sendo o maior defeito do tenente-coronel Frank Slade... Mas ele não age assim de propósito, afinal, todos temos nossos demônios dentro de nós, não é? Todos sofremos, temos medo, principalmente se temos algum tipo de deficiência; seja visual, física ou mental. Porém, não podemos pensar nisso como "deficiência", e sim como um simples problema que você pode superar, tratar e etc, basta ter vontade para fazê-lo e seguir em frente. 


Ah! Outro tema interessante... É sobre quando encontramos a falta de esperança na vida. Quando vimos que nada vale mais a pena, que tudo perdeu a graça... Nos atrapalhamos, fazemos besteira, nos encontramos presos em um quarto escuro onde as paredes estão se fechando rapidamente. Como seguir adiante? Como nos perdoar, entender que o passado muitas vezes nos culpa (sem termos a verdadeira culpa) e voltar a encontrar aquela fé em nós mesmos? Aquela esperança que nos faz achar saídas em um labirinto ou a luz no fim do túnel. Por mais difícil que pareça, sempre existe uma saída. A criatividade e a virtualidade de opções no mundo estão por aí, flutuando em sua frente... Melhor, estão bem aqui dentro de cada um de nós - quietas, esperando que você clique na opção "saída para uma vida melhor", indicada em alguma caixinha em nossa mente desse sistema infinito que somos nós mesmos. É assim, que o tenente-coronel Frank Slade passa a pensar - de forma muito imperceptível -, após conhecer o jovem estudante que deseja conseguir dinheiro para pagar suas dívidas com a escola. Se você algum dia já se perguntou ou ainda pergunta: "O que caráter e princípios tem a ver com ter esperança e coragem para seguir em frente na vida?"... Bem, isso é uma pergunta que só um filme tão profundamente sensível como Perfume de Mulher poderia tentar responder com beleza e, o melhor, com tango! O grande tenente-coronel só desejava ter uma semana inesquecível... E ele ganhou muito mais do que isso!


Perfume de Mulher relata muito sobre ser quem você é com todo coração... Não importa o seu problema, você pode fazer o que quiser, desde que aproveite sua vida da melhor maneira. Seja com alguém dirigindo um carro em alta velocidade para você ou seja dançando tango após tanto tempo com uma bela moça... Ou apenas se divertindo com um rapaz que, no final, acaba se tornando um grande amigo seu. Para ser sincera, não tem muito o que falar sobre esse filme... Quando penso em resenhá-lo, a única coisa que me vem é a vontade de chorar por ficar emocionada com uma história tão forte e bela. Abordei bem os temas do filme, mas preferi deixar algumas coisas no ar para atiçar a curiosidade de alguns que não o viram ainda. É um grande clássico... E clássicos são dignos de nossos corações e aplausos! Lhes deixo com essa resenha tímida que fiz e espero do fundo do coração, que parem e assistam esse filme (para quem não conhece). Lembrando que: existem outros sentidos além da visão, devemos aproveitá-los o máximo! Beijinhos de luz, tenham uma tarde excelente e aqui segue o trailer (o único que achei):











Deixe um comentário